Página Inicial Destino Américas A mais bela estação do Canadá: o outono.

A mais bela estação do Canadá: o outono.

Com o final do verão os dias começam a ficar mais curtos e o frio, de leve, se faz presente. Todos já lembram e esperam os primeiros flocos de neve e muitos já se preparam para o longo inverno no Hemisfério Norte, principalmente no Canadá. Mas antes que o inverno se instale de vez e casacos, botas, luvas e tocas saiam do armário, há um período mágico: o outono. Árvores coloridas pintam o horizonte de forma inimaginável e mexem com a criatividade de todos. A paisagem fica deslumbrante e é difícil não se envolver com o outono.

As províncias de Ontário e Quebec são privilegiadas na que é considerada a mais bela estação do ano. A região da capital nacional, Ottawa, é tida como o melhor lugar para se acompanhar a transição do outono e, consequentemente, a mudança de cores. Em determinados dias, a mudança chega a ser de 100%, passando do verde para o amarelo, do laranja para o vermelho.

Oficialmente, o outono vai de 21 de setembro à 21 de dezembro, mas o melhor do outono está entre os últimos dias de setembro e as duas primeiras semanas de outubro, e Ottawa recebe um alto número de turistas. A cidade oferece bons programas, festivais culturais e musicais, além de muito glamour e um cenário absolutamente fantástico. Há, também, várias galerias especialmente no centro da cidade e no Byward Market, onde se encontram obras de artistas renomados e também locais. Vários cafés também podem ser vistos por toda parte, além de elegantes restaurantes onde a comida é refinada e bons vinhos são apreciados.

Entretanto, a melhor parte que a região oferece no outono não está no centro da cidade, mas sim ao redor. Recheada de parques e pequenas cidades históricas, o turista e o residente de Ottawa têm inúmeros passeios e programas, tanto em Ontário quanto do lado de Quebec.

Em Quebec:

O parque do Gatineau, em Hull, é um lugar muito popular para quem procura as atividades ao ar livre e no outono o parque é bastante visitado. Trilhas, pequenos lagos e até 3 praias de água doce são facilmente encontrados na sua área de 361.31 km². A estrutura é fundamental para o sucesso do parque que conta com varias áreas de piquenique e mirantes espalhados pelos seus caminhos. Lugares históricos, como o jardim e as ruínas de Mackenzie King, são muito bem preservados e permanecem abertos para visita. Suas trilhas são muito bem sinalizadas e oferecem segurança extra ao aventureiro. O caminho asfaltado que cruza o parque é repleto de ciclistas que exploram a região e a atenção do motorista deve ser redobrada. Há também como alugar canoas e caiaques, o que dá ao aventureiro uma visão privilegiada das árvores e montanhas do parque garantindo-lhe, acima de tudo, belas fotos.

Ainda na província de Quebec, Wakefield reserva ao visitante uma paisagem exuberante. Aproximadamente a 20  minutos da capital nacional, a pequena cidade de Wakefield guarda um passado rico da região e inspira os artistas locais. Muitas lojas, bistrôs e boas padarias com forte influência francesa podem ser encontrados. A cidade é cortada pelo Rio Gatineau, o que dá a vila um charme especial. O mais recomendável é visitar Wakefield de trem a vapor, saindo de Hull. É um passeio rico em detalhes principalmente pelo fato do trem passar pelas montanhas da região, onde o colorido e a verdadeira magia do outono podem ser registrados. O cenário é indescritível. A cidade possui ainda pequenas pousadas (Bed and Breakfast – B&B) e um bom hotel para os que planejam passar mais tempo.

Em Ontário:

No lado de Ontário as opções também são muitas. O maior parque da província, o parque Algonquin, fica a mais ou menos 200 km de Ottawa e oferece ao visitante inúmeras atividades e uma natureza exuberante. Com mais de 7.600 km² de extraordinária topografia e geografia, o parque é rico em diversidade vegetal e animal. Sua área conta com vários rios, lagos, trilhas e mirantes espalhados pelo caminho. A boa estrutura que o parque oferece ao visitante segurança e privacidade para os que gostam de acampar e explorar a região. E para os que gostam de uma aventura mais selvagem também é possível fazer o acampamento com canoa, onde o aventureiro precisa remar com o equipamento na canoa para poder montar a barraca e pernoitar. O parque também conta com alguns resorts (hotéis) para os que preferem curtir a natureza sem ter que desistir do conforto. Há também como alugar chalés com cozinha completa, banheiro e eletricidade. Aconselha-se reservar com alguma antecedência, pois tanto os acampamentos quanto os resorts e chalés são muito procurados no outono. Pescaria é permitida nos lagos do parque, mas há de se ter a licença para desfrutar da atividade, além do seguimento de regras impostas pelo governo.

Para os que gostam de história, visitar o Upper Canada Village é uma excelente opção. O museu fica às margens do Rio San Lawrence e é na verdade um parque que retrata a vida no século XIX, quando o Canadá era dividido em Canadá Norte e Sul. As árvores seculares do parque/museu dão um espetáculo a parte por sua grandeza e magnitude. Verdadeiros tapetes de folhas coloridas caídas das árvores pintam o chão por toda área do parque. Várias casas da época estão muito bem conservadas e dá ao visitante uma excelente ideia de como eram as condições de vida naquela época. Interessante também é poder observar os que trabalham no museu: todos vestidos a caráter. No museu pode-se visitar a casa do médico, a igreja e o correio, além da sapataria e da padaria por exemplo. Há também uma pequena fazenda com maquinário rudimentar usados na época e, claro, vários animais. A loja do museu vende os produtos feitos no parque, além de vegetais colhidos na horta e o pão fresco feito no mesmo dia. O ponto alto do museu é a torre que era usada como observatório contra possíveis invasões. A vista é ampla e encantadora. O Upper Canada Village fica em Morrisburg, a mais ou menos 1 hora de Ottawa.

A temperatura no outono oscila bastante. Os dias podem ser amenos, chegando a 18°C e as noites são geralmente frias, podendo chegar até os – 4°C. Portanto, é importante estar bem preparado para o frio principalmente durante os passeios junto à natureza, já que o vento pode ser uma presença constante nesta época do ano.

Aos que visitam o Canadá no outono é importante trazer roupas quentes e estar preparados para as baixas temperaturas. Agora, independente de você está morando ou visitando Ottawa durante o outono, não se esqueça de estar sempre com a máquina fotográfica para registrar o colorido das árvores e a bela paisagem.

COMPARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Linda a matéria. Você bem que poderia escrever um livro Rodrigo. Suas matérias são bem detalhadas e passam a realidade de uma forma informativa. Parabéns pelo sucesso dos seus artigos.

  2. Oi,

    estou chegando a quebec de navio dia 23/10. Se vc pudesse me informar direto como esta a temperatura este ano até agora e a expectativa, seri õtimo. Consulto todo o dia o clima, mas nao da para confira como em alguem que esta ao vivo na cidade que queremos visistar.~

    obrigado desde ja

    • Olá Isabella,
      Já visitei Quebec City algumas vezes, mas eu ñ moro lá. Bom, acredito que no final de ourubro já vá está com temperatura baixa, pois é mais ao norte de Ottawa. Acho q você encontrará média de 5 a máxima e -10*C. O fato também é que a cidade se situa a borda do Rio San Lawrance e venta bastante. A dica é usar roupas quentes e à noite ñ esqueça da toca e luvas.
      Curta a sua estada em QC e tire muita foto.
      Au revoir pour le moment.

  3. Oi Rodrigo,

    Adorei sua matéria, sou meio suspeita para falar porque gosto muito daí. Conheço o Canadá e já fui nas quatro estações. Essa matéria me fez recordar os dias maravilhosos que passamos aí nessa época. É realmente muito lindo e eu diria mesmo que é perigosamente lindo, porque você pode se dispersar e perder o rumo, isso é, se estiver dirigindo. Parabéns, continue emprestando seus belos conhecimentos a todos nós.

    • Obrigado Fernanda. Digo também ser suspeito para falar, principalmente do outono. Continue acompanhando o Canadá Brasileiro que estaremos trazendo mais dicas e informações em breve.
      Um grande abraço.

  4. Linda a matéria. Você bem que poderia escrever um livro Rodrigo. Suas matérias são bem detalhadas e passam a realidade de uma forma informativa. Parabéns pelo sucesso dos seus artigos.

  5. Adorei a matéria, e se tornou ainda mais legal quando vi que você foi morar no Canadá, tenho vontade de fazer a mesma coisa. Continua assim, vou estar por aqui, admirando sua experiência, espero um dia também poder ter a minha.

Deixe uma resposta